Skip to content

Guia de Acessibilidade na Câmara

22 agosto, 2009

O Projeto Guia de Acessibilidade de Campo Grande, de autoria da Presidente da ADONE, Profa. Rosana Martinez, tem ganhado a adesão de importantes  parceiros rapidamente. Já estão conosco o CREA-MS-Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura, que não só acolheu as reuniões semanais da equipe de trabalho, como está oferecendo todo suporte técnico ao projeto. Também já são parceiros o ISMAC-Instituto Sul-Matogrossense para Cegos, o Centro de Referência em Distúrbios do Movimento da UNEPE e  a Promotoria da Cidadania do Ministério Público Estadual. Além desses, já participam das reuniões de trabalho representantes da Prefeitura Municipal de Campo Grande, da Universidade para o Desenvolvimento do Estado do Pantanal-UNIDERP/ANHANGUERA, da Faculdade Estácio de Sá, da Faculdade de Campo Grande e do Conselho Estadual da Pessoa com Deficiência-CONSEP.

Será o primeiro Guia de Acessibilidade do Brasil elaborado com o envolvimento de tantos  segmentos diversos –  públicos e privados.

Esta semana, recebemos, por indicação do Vereador Mário César, convite da Câmara Municipal de Campo Grande para apresentar o projeto aos demais vereadores, na sessão plenária do dia 20 de agosto de 2009.

Lá estivemos e, por dez minutos ocupamos a tribuna para explicar que, a  partir de experiências bem sucedidas de outros Estados, pensamos num projeto pioneiro que, além do foco turístico e comercial dos demais já existentes, terá um cunho educativo, no sentido de orientar o olhar de todos os “atores” da pólis para a necessidade de construção de uma cidade mais inclusiva.

O difererncial de nosso Guia de Acessibilidade será a inclusão de todos os segmentos da cidade: comércio, lazer, cultura, educação, saúde e serviços públicos e privados, através da verificação e divulgação das facilidades existentes nos locais com vistas à acessibilidade de portadores de necessidades especiais (físicas, visuais e auditivas) temporárias ou permanetes, além de idosos, gestantes e turistas com estas características.

A idéia foi parabenizada por vários vereadores presentes à sessão – Mário César, João Rocha, Herculano Borges, Lídio, Vanderley Cabeludo – que puseram-se à disposição para contribuir com o que for necessário.

Acreditamos que, a médio prazo, o Guia de Acessibilidade de Campo Grande poderá contribuirá para certificar a Capital com o  título de excelência de “primeira Capital 100% adaptada do Brasil”.

Anúncios

From → Notícias

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: