Skip to content

Enfim, justiça.

12 setembro, 2013

Como tornei público há alguns anos aqui no blog, é de conhecimento de todos nossa ação judicial contra a GOL Linhas Aéreas.

Para quem não lembra, o relato do fato ocorrido em 2009 e que gerou a ação pode ser conferido neste link

Hoje, 12 de agosto de 2013, exatamente 4 anos e 4 meses depois, recebemos a notícia de que,  esgotados todos os recursos jurídicos – TODOS favoráveis a nós – a GOL finalmente efetuou o pagamento da indenização por danos morais!

Queremos agradecer publicamente a todos os amigos e familiares que acompanharam nossa luta por justiça, nos apoiaram e torceram por nós durante todo esse tempo.

Sempre digo aos amigos do Pedro que eles fazem toda a diferença na vida dele!

Nesse caso, mais uma vez, queremos registrar um agradecimento especial e nossa eterna gratidão a dois amigos do Pedro – advogados – Dr. Joaquim Basso e Dra. Andressa Caroline Rodrigues,  que foram muito além da amizade e,  apesar de não serem os defensores oficias, usaram seus conhecimentos profissionais para nos orientar, aconselhar, informar e até mesmo intervir para acelerar o processo.

Também agradecemos especialmente à senhora Ilca Ortiz Nina, única passageira daquele vôo que se dispôs a testemunhar em juízo.

Para chegarmos até aqui foi um longo caminho de audiências e recursos onde, se por um lado fomos afrontados com propostas de acordos absurdos por parte da GOL; por outro, recebemos solidariedade e empatia de conhecidos e desconhecidos.

Muitas vezes, durante esse tempo, me imaginei escrevendo este post de conclusão e fantasiava sentimentos dos mais diversos, como revanche, alegria, prazer, enfim, todos intensos.

Para minha surpresa, no entanto, neste primeiro momento, só conseguimos sentir um grande alívio, como se pisássemos em chão firme após um longo período de turbulência.

Sei que não fomos os primeiros e, infelizmente, não seremos os últimos a termos nossos direitos e dignidades aviltados por uma companhia aérea ou qualquer outro prestador de serviço. E reafirmamos o que sempre dissemos a respeito desse lamentável episódio: nenhum dinheiro  paga o que passamos! Entretanto, estamos satisfeitos por finalmente encerrar este triste acontecimento.

Espero que nossa saga sirva para inspirar outras famílias a buscarem justiça e, com um pouco de sorte, contribuir para evitar ou ao menos minimizar a repetição dos fatos.

Anúncios

From → Geral

5 Comentários
  1. Rosana, eu sou uma das que se inspiram nas suas lutas e vitórias. Admiro muito você e agradeço, porque você não luta apenas por você mesma, mas por todos nós. Abraço da amiga, Adriana

  2. Naelson Ferreira permalink

    É isto ai Pedro e Rosana,

    Não podemos nos calar.

    Um forte abraço.

  3. Pedro permalink

    Rosana, ficamos felizes por finalmente ser reconhecido o seu direito. Queríamos que nao fosse assim, pois os nossos merecem respeito. Mas isso serve de lição, para que boicotemos a companhia, que nao respeite o seu cliente.
    Um abraço
    Pedro

  4. Muito bom! A noticia é alvissareira e deve ser divulgada ao máximo. Ver os direitos dos brasileiros confirmados na justiça nos causa alegria, mesmo que a necessidade de ir até a justiça tenha nos causado tristeza.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: